CAIXA PODE PAGAR 1ª PARCELA DO AUXÍLIO A NOVO LOTE SEMANA QUE VEM

folhapress-auxilio-emergencial-30052020092504731

Ao todo são 11,3 milhões de pessoas que se cadastraram pelo aplicativo da Caixa e aguardam avaliação da Dataprev para receber o pagamento

A Caixa poderá pagar a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 na semana que vem para novos beneficiários. Ao todo são 11,3 milhões de pessoas que se cadastraram pelo aplicativo do banco e aguardam avaliação para receber o pagamento. Destas, 5,9 milhões estão em primeira análise e 5,4 milhões em reanálise. Segundo a Dataprev, responsável pela avaliação dos cadastros, a liberação deve ocorrer até o final desta semana.

“Os pedidos do auxílio emergencial solicitados no mês de maio estão em processamento e as equipes trabalham intensamente para finalizar o serviço até o final desta semana. Os resultados serão informados após homologação pelas equipes técnicas do Ministério da Cidadania e Dataprev”, afirmou a empresa pública de dados.

“A expectativa é que na semana que vem tenhamos um lote vindo da Dataprev e do Ministério da Cidadania. Todas as pessoas que forem aprovadas terão o direito a três parcelas”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante coletiva na quarta-feira (3). Segundo ele, assim que o banco recebe a resposta sobre a aprovação dos cadastros, em dois dias, poderá iniciar o pagamento.

Já na coletiva desta quinta-feira (4), Tatiana Tomé, vice-presidente de governo da Caixa, afirmou que está aguardando o calendário, para avaliar quando o banco efetuará os pagamentos para os novos beneficiários, além da segunda parcela dos que receberam a primeira em maio. “Até 30 dias do vencimento da primeira parcela, a pessoa deverá receber a segunda parcela”, disse Tatiana.

Já foram realizados desde 8 de abril 108,5 milhões de pagamentos, para 58,6 milhões de beneficiários, totalizando R$ 76,6 bilhões creditados. Nesta semana a Caixa realiza o saque da segunda parcela para aqueles que receberam a primeira até 30 de abril.

Calendário do saque da segunda parcela

Quinta-feira (4) – nascidos em maio
Sexta-feira (5) – nascidos em junho
Sábado (6) – nascidos em julho
Segunda-feira (8) – nascidos em agosto
Terça-feira (9) – nascidos em setembro
Quarta-feira (10) – nascidos em outubro
Sexta-feira (12) – nascidos em novembro
Sábado (13) – nascidos em dezembro

Quem tem direito

O auxílio foi criado para minimizar a crise provocada pelo coronavírus na população de baixa renda e de trabalhadores informais.

Para ter direito ao benefício é preciso estar desempregado, ou ser microempreendedor individual, contribuinte individual da Previdência Social e trabalhador informal.

Além de pertencer à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00).

Midia City

A cada clique uma informação!

Mais artigos