Pogo O Palhaço 1

Há uma grande chance de você saber quem foi John Wayne Gacy, conhecido como o “Palhaço Assassino”. Não que ele seja a primeira figura de palhaço a causar medo e terror nas pessoas, mas não há como negar que Gacy foi um notório assassino em série. Ele foi acusado de matar, torturar e estuprar ao menos 33 adolescentes entre os anos de 1972 e 1978 no condado de Cook, no estado de Illinois, nos Estados Unidos. Eventualmente, foram encontrados os corpos de muitas dessas vítimas enterrados no quintal da casa de Gacy. O palhaço assassino acabou sendo condenado à morte em 1994, aos 52 anos de idade.

Passando a imagem de um marido, cidadão e empresário comum, John Wayne Gacy se fantasiava de palhaço para entreter festas infantis nos finais de semana. Era uma figura convincente, ninguém poderia imaginar que, por trás dessa imagem extrovertida, estava escondido um assassino pervertido e perverso. Mas isso tudo é o que já foi noticiado na mídia na época que os casos vieram à tona. Confira a seguir 7 coisas que você provavelmente não sabia sobre o palhaçoassassino.

1 – Infância e adolescência

Como já era de se esperar, a infância e adolescência do palhaço assassino não foram das mais agradáveis possíveis. John Wayne Gacy nasceu em 1942, em Chicago, Illinois. Ainda garoto, Gacy nutria um amor por jardinagem e bolos confeitados, o que incomodava bastante o seu pai alcoólatra. Seu pai usava um cinto de couro, uma gilete e até um cabo de vassoura em suas agressões regulares ao filho. Situações que, às vezes, acabavam com o garoto no hospital. Ele já chegou a ficar quase um ano internado em um hospital durante a adolescência. Segundo a sua irmã, Karen, John nunca superou a relação conturbada com o pai. “John sentiu como se nunca tivesse correspondido às expectativas do pai, e isso foi até a idade adulta”, disse ela.

2 – Emprego em uma funerária

Cansado do pai abusivo, Gacy se muda para Las Vegas quando completa 20 anos de idade. Lá, ele conseguiu um emprego como assistente na funerária Mortuary Palm, e talvez aí é que tenha começado a sua fascinação pela morte. Durante esse período da sua vida, ele observava atentamente os agentes funerários e estudava de perto o processo de embalsamento, já que ele tinha acesso livre ao necrotério. Depois da sua prisão, ele revelou aos psiquiatras que chegou a fazer experimentos com corpos nessa época.

3 – Pogo, o Palhaço

No final do ano de 1975, John se juntou ao clube de palhaços “Jolly Joker” de sua cidade. Ele fazia apresentações regulares em fundos comunitários e hospitais infantis, isso sob o seu alter ego “Pogo, o Palhaço”. Ele fez um trabalho tão memorável em sua comunidade, que chegou a ser reconhecido com o título de “Homem do Ano” pela sua cidade. Ninguém poderia imaginar que o amigável palhaço Pogo poderia ser capaz de tamanhas atrocidades. Atualmente, a sua fantasia de palhaço está exposta no museu do crime de Alcatraz East, em Pigeon Forge, no Tennessee.

4 – Truques

Depois de ser preso, Gacy, deu uma entrevista onde contou com detalhes os truques que usava para imobilizar as suas vítimas. Um deles ele era o “truque da corda”, no qual ele usava um pedaço de corda qualquer para fazer um torniquete em suas vítimas. A maioria dos corpos encontrados, tinham um torniquete em volta do pescoço. Ele também tinha o “truque da algema”, no qual ela dava a impressão de que se tratava de um truque de mágica para enganar as vítimas. Depois, ele revelava que as algemas eram reais e que as usava para torturar suas vítimas.

5 – Múltiplos assassinatos no mesmo dia

A personalidade compulsiva levou Gacy a cometer vários assassinatos no mesmo dia. No dia 24 de outubro de 1976, Kenneth Parker, de 16 anos, e Michael Marino, de 14 anos, foram sequestrados pelo palhaço. Posteriormente, os dois corpos foram encontrados no mesmo túmulo na casa de Gacy.

6 – Várias personalidades

No livro Assassino Palhaço: Os Assassinatos de John Wayne Gacy, de Terry Sullivan e Peter T. Maiken, Gacy teria revelado aos investigadores que possuía várias personalidades. Ele disse que havia o John, o empreiteiro, John o palhaço, John o político e, por último, uma quarta personalidade, a qual atendia pelo nome de Jack Hanley. Gacy afirmou que Jack era o verdadeiro assassino e que ele é quem teria feito todas aquelas atrocidades.

7 – Execução

John Wayne Gacy foi executado em 10 de maio de 1994, por meio de injeção letal. As 12:58 daquele dia, o terrível palhaço assassino foi declarado morto. Para a sua última refeição, Gacy pediu frango frito, camarão frito, batatas fritas e morangos frescos. Suas últimas palavras antes de ser executado foram “Beije minha bunda”. O fato é que o palhaço assassino será sempre lembrado como um dos seriais killers mais distorcidos da história.

E você, já tinha ouvido falar sobre o palhaço assassino? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *